No ar

Marcio Pedro

Bom Dia Trabalhador

05:00 - 06:54 com Marcio Pedro

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

A SUPREMA INSEGURANÇA JURÍDICA

A SUPREMA INSEGURANÇA JURÍDICA

Durante muitos anos, discutiu-se, na comunidade jurídica nacional, se as ações de ressarcimento ao erário oriundas de atos dolosos de improbidade administrativa são imprescritíveis (art. 37, §5º, da CF/1988).

Os juristas, na sua maioria, sustentavam que as ações de improbidade administrativa decorrentes de atos dolosos são prescritíveis.

Ou seja, decorridos mais de 5 anos, o suposto autor do ato de improbidade administrativa não poderia mais ser processado. Para tanto, arrolavam basicamente dois argumentos jurídicos: a segurança jurídica e a garantia da ampla defesa.


Recentemente, o Plenário do Supremo Tribunal Federal, em sede de repercussão geral, decidiu, por maioria, no julgamento do RE n. 852.375/SP, essa relevante polêmica jurídica. A tese fixada foi a seguinte: “São imprescritíveis as ações de ressarcimento ao erário fundadas na prática de ato doloso tipificado na lei de improbidade administrativa.”


Em função dessa decisão proferida pela Suprema Corte, um Ex-Prefeito Municipal, por exemplo, após 30 anos do término de seu mandato, poderá, quando já estiver em casa usufruindo da sua aposentadoria, ser acionado pelo Ministério Público para ressarcir, em tese, um dano causado ao erário durante o exercício de seu mandato.


Assim, pela decisão do STF, não há qualquer prazo para o Ministério Público ingressar com ação civil pública de reparação de atos dolosos causadores de dano ao erário. Porém, a mencionada decisão provoca profunda insegurança jurídica para os agentes públicos e terceiros que contratam com Administração Pública.

Decorridos anos da realização do negócio jurídico e/ou da prática de ato administrativo, as partes envolvidas, ainda que sequer guardem lembrança dos fatos praticados, terão de responder, obrigatoriamente, ao processo judicial.


Nesse caso, seguramente, a ampla defesa estará gravemente ferida, pois dificilmente os acusados terão condições de encontrar as provas documentais e testemunhais para fazer uma defesa justa e correta de seus atos.

Nesse caso, o Supremo Tribunal Federal criou, no cenário jurídico nacional, a figura da “suprema insegurança jurídica” para todos aqueles que mantêm relações funcionais ou negociais com a Administração Pública.


Publicado por: Larissa Cavali Data: 18/01/2019 10:13



Principais Notícias

Publicado em 23/01/2020 07:04 por Jardel Martinazzo

Após perturbar clientes de supermercado, homem pega lata de cerveja e sai sem pagar

Na tarde desta quarta-feira (22) a Polícia Militar deslocou até um estabelecimento comercial na área central de [...]

Publicado em 22/01/2020 10:41 por Jorge Soldi

Obras de reforma e ampliação do CIALAR estão em ritmo acelerado

Quem reside próximo ou passa pelo local, pode conferir que as obras de reforma e ampliação da sede Consórcio [...]

Publicado em 22/01/2020 09:51 por Marines Delazari Varela

Paróquia São Paulo Apóstolo vive a expectativa para a festa do padroeiro

A Paróquia São Paulo Apóstolo iniciou na noite de sexta-feira (17) a programação religiosa para a festa do [...]

Outras notícias

Publicado em 22/01/2020 07:25

Moradores reclamam de mato alto e entulhos em terrenos baldios em Ouro

Nos últimos dias a reportagem da Rádio Capinzal recebeu ligação de [...]

Publicado em 21/01/2020 14:37

Inscrições abertas para a Copa Capinzal de Futsal 2020

O primeiro evento do salonismo local  a ser realizado na temporada 2020 será [...]

Publicado em 20/01/2020 15:18

Escolinha Moretti participa da Copa Brusque sub 13

A Escolinha do professor Moretti,  inicia nesta terça-feira (21), sua [...]

Publicado em 20/01/2020 14:46

Matrículas abertas para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (CECON) de Capinzal

Iniciou nesta segunda-feira, dia 20, o período de matrículas para o Serviço [...]

Publicado em 20/01/2020 09:36

PRF flagra 284 motoristas embriagados no final de semana nas rodovias federais catarinenses

A Polícia Rodoviária Federal realizou fiscalização intensa neste final de [...]

Publicado em 20/01/2020 06:08

Motociclista envolvido em acidente na SC-390 em Piratuba teve perna amputada

Um motociclista ficou gravemente ferido após uma colisão com um veículo. O [...]