No ar

Fábio José

Campeiro da Noite

20:00 - 23:00 com Fábio José

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

Mulher de 60 anos é encontrada morta com golpes de faca no pescoço em Capinzal

Mulher de 60 anos é encontrada morta com golpes de faca no pescoço em Capinzal

Delegada afirma que investigação busca esclarecer se trata de crime patrimonial ou homicídio

Uma idosa de 60 anos foi encontrada morta no final da noite desta quarta-feira, dia 08, na Vila Sete de Julho, em Capinzal. Por volta das 23h17min a Polícia Militar foi acionada para se deslocar até a Rua Francisco de Assis Almeida.

A guarnição foi informada que a moradora, Rosina Dalapria, de 60 anos, estava deitada na cama, com ferimentos a região do pescoço. A suspeita é que ela foi agredida na cozinha da casa e arrastada até o quarto. No local estava o namorado de 54 anos, o qual disse aos militares que encontrou a mulher já sem vida.

Os policias isolaram a área até a chegada da Polícia Civil e IGP (Instituto Geral de Perícias) de Campos Novos, que realizaram o levantamento de dados e o recolhimento do corpo da mulher que foi encaminhado para o IML de Joaçaba.

Em entrevista ao jornalismo da Rádio Capinzal, a delegada de plantão, Fernanda Gehlen da Silva, revelou que numa analise inicial havia algumas perfurações de faca na região do pescoço, que possivelmente tenha provocado à morte da moradora. Apenas o laudo pericial irá apontar. Inicialmente não tem suspeito do crime.

“Não se tem suspeita de autoria, sendo que a partir das informações que foram colhidas no local estão sendo dados os prosseguimentos as investigações para que possa ser definido se o caso foi um crime patrimonial ou um homicídio. Buscaremos elementos para identificação do autor desse crime violento”, destacou Fernanda.

A reportagem da Rádio Capinzal esteve no local no começo da manhã onde conversou com o namorado da vítima que preferiu de momento não gravar entrevista. Ele informou que passou à tarde com Rosina e a noite, quando retornou, encontrou a mesma sem vida no interior da residência. O casal estava junto há cerca de cinco anos.

Crime Patrimonial - praticado com fraude. Talvez, os delitos mais praticados no Brasil, sejam os que avançam contra o patrimônio alheio. Dentre eles, destacam-se o furto, roubo, estelionato, receptação e apropriação indébita.


Publicado por: Jardel Martinazzo Data: 09/08/2018 07:08



Principais Notícias

Publicado em 12/12/2019 11:07 por Jardel Martinazzo

Prefeitura de Capinzal fará nesta sexta-feira o pagamento da segunda parcela do 13º salário

A prefeitura de Capinzal fará nesta sexta-feira (13) o pagamento da segunda parcela do 13º salário ao funcionalismo [...]

Publicado em 12/12/2019 09:50 por Jorge Soldi

Empresa inicia transição de tecnologia na iluminação pública com instalação de lâmpadas de LED

A prefeitura de Ouro, através da empresa vencedora do processo licitatório, iniciou nesta quinta-feira (12) a [...]

Publicado em 12/12/2019 07:26 por Jardel Martinazzo

Projeto Recuperar: SC-390 passa por manutenção em Zortéa

Teve início nesta semana a recuperação da SC-390 em Zortéa no trecho que liga a BR-470. Máquinas e operários [...]

Outras notícias

Publicado em 11/12/2019 10:17

Campanha do Lions Clube arrecada 10 toneladas de lixo tecnológico

O Lions Clube Capinzal/Ouro realizou na quarta-feira, dia 04, mais uma Campanha [...]

Publicado em 11/12/2019 10:09

CERCA TROVA

Ao contrário de Van Gogh, o qual dizia que a visão das estrelas lhe fazia [...]

Publicado em 11/12/2019 10:07

Núcleo da Construção Civil finalizou estudo da Lei do Plano Diretor de Capinzal

O Núcleo da Construção Civil da ACIRP finalizou no dia 05 de dezembro o [...]

Publicado em 11/12/2019 10:02

VOCÊ SABIA QUE PODE SER SÓCIO DAS MAIORES EMPRESAS DO PAÍS?

É isso que acontece quando você compra ações das empresas que estão na [...]

Publicado em 11/12/2019 10:00

RESINA COMPOSTA - UM MATERIAL DE EXCELÊNCIA DESDE QUE BEM CONDUZIDO

Praticamente ninguém passa sua vida inteira sem ter um dente danificado, seja [...]

Publicado em 11/12/2019 09:56

UM PRESENTE BOM PRA... NATAL

Antonio concluía o ano escolar de 2019, e tinha uma ideia, digamos, fixa, que [...]