Bombeiros

Bombeiro de Capinzal descreve a experiência de atuar no combate a incêndios florestais no Mato Grosso

  • Radio Capinzal AM
  • 13/10/2021 05:57
19830184666166a043a55e02.38280733.jpg

“Foi uma missão árdua, mas ao mesmo tempo, exultante por ajudar de alguma maneira essa triste realidade que acontece todos os anos”...

 

Devido ao grande número de ocorrências relacionadas a incêndios florestais, bombeiros militares de vários estados brasileiros foram convocados para fazer parte da Força Nacional e atuar diretamente nestas ocorrências.

 

Desde o dia 20 de setembro, treze bombeiros militares de Santa Catarina, incluindo o Cabo André Berzagui, lotado na Companhia do Corpo de Bombeiros de Capinzal, participaram de treinamento oferecido pela Força Nacional e de ações práticas de combate a esse tipo de ocorrência.   

 

Para fazer parte da Força Nacional, os bombeiros precisaram passar por uma capacitação intensiva chamada de Instrução de Nivelamento e Conhecimento entre os dias 20 e 28 de setembro, em Brasília (DF), onde foram preparados para atuar em incêndios florestais. O Cabo Berzagui teve a satisfação de conquistar o terceiro melhor aproveitamento entre os quase 120 bombeiros de todo o país neste treinamento.

 

Após a conclusão do curso, os bombeiros foram mobilizados para atuar diretamente nos incêndios florestais que estavam acontecendo no estado do Mato Grosso. No local, os profissionais foram divididos em várias guarnições de apoio e em várias regiões do Estado como: Cáceres, Chapada dos Guimarães, Poconé, Livramento e na própria capital Cuiabá. Conforme chegavam as ligações ou as chamadas por aplicativos de monitoramento de incêndios, essas as guarnições eram enviadas para o combate.

 

A experiência foi muito produtiva, tanto no curso com a Força Nacional quanto na troca de experiências e amizades com bombeiros de outros estados. A diversidade e a facilidade de encontrar animais durante os deslocamentos pela região, a diferença da forma de combate da nossa região para a região onde estavam autuando. Por ser uma vegetação muito seca, o clima ser muito quente e com bastante vento, era impressionante como o incêndio consumia a vegetação. O lado triste era ver muitos animais mortos pelas queimadas ou até mesmo pelo calor escaldante” revela o Cabo Berzagui.

 

“Foi uma atividade que agregou muito conhecimento, experiência de vida e profissional, foi uma missão árdua, mas ao mesmo tempo exultante por ajudar de alguma maneira essa triste realidade que infelizmente acontece todos os anos” finalizou.

 

O Cabo André Berzagui retornou na segunda-feira, dia 11, ao município de Ouro onde reside com a esposa e a filha.   

 

Enquete