No ar

Jardel Martinazzo

Jornal do Meio Dia

12:00 - 12:59 com Jardel Martinazzo

Ouça ao vivo Ouça ao vivo

QUANDO A RELIGÃO PERDE SEU SENTIDO!

QUANDO A RELIGÃO PERDE SEU SENTIDO!

Nosso Brasil é encantador, pois nele temos de tudo: os saudosistas, os imediatistas, os radicais e outra série de adjetivos para se definir a respeito do que sentimos por nossa nação! E quando abordamos sobre o Brasil, não se pode deixar de afirmar que temos um legado religioso fantástico. Contudo, quando a religião é usada para desvirtuar seu foco, algo não está certo!

No feriado de Nossa Senhora Aparecida, dentro do Santuário Nacional, sob o olhar e compenetração de milhares de católicos, seja com presença física ou acompanhando pela TV, todos acompanhavam a homilia de uma das missas celebradas aquele dia. Nesta missa estava presente o Presidente da República, ele deve ter ficado estarrecido, assim como inúmeros fiéis, mediante as palavras de intolerância e rancor do Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, ele jogou cizânia, ao usar o púlpito como palanque político para atacar a direita de nosso país, chamando-a de dragão e de ser a propulsora da violência no país.

O arcebispo ao fazer os ataques, naquela homilia, promoveu não a unificação do povo brasileiro, fiel seguidor da Virgem Aparecida e de seu filho Jesus Cristo, pois ao dizer que a direita é dragão (demônio), excluiu grande parte dos católicos conservadores.

Foram infelizes suas colocações ao dizer que a direita brasileira é violenta sendo comandada por um dragão diabólico. O arcebispo ao falar neste tom de enfrentamento, silenciou-se em relação aos quase vinte anos dos governos da esquerda que jogou a nação no verdadeiro 'caos'. Seu pronunciamento afrontou milhões de brasileiros que em 2018, buscaram pelo voto (democracia), tirar do poder a esquerda e colocar a direita para governar a nação.

Na homilia não citou o nome do dragão diabólico, mas como o Presidente da República estava presente, ele que se tornou o grande expoente da direita no país, fica a dúvida: seriam para ele aquelas duras palavras? Confesso que fiquei constrangido e desconfortado com aquela homilia. Nos meus ensinamentos seminarísticos compreendi que um representante da Igreja Católica nunca deveria perder a oportunidade para buscar a unificação e paz entre o povo! Além de não ter feito isto, o arcebispo também alfinetou ao abordar sobre a questão do Sínodo da Amazônia (tema para outro artigo, pois é outra polêmica).

Sou católico fervoroso, amo minha Igreja, aliás, aprendi muito com ela e continuo aprendendo, mas não posso concordar com a atitude deste arcebispo. Acompanho o árduo trabalho pastoral do pároco de minha comunidade e, percebo o quanto ele luta para resgatar os católicos afastados. Será que a atitude deste arcebispo irá arrebanhar ou afastar o rebanho católico?

Quando adolescente sentia na pele as revoltas de meu falecido pai, ele ficava triste e magoado com alguns padres da Igreja que se colocavam contra a Arena (diziam isto no púlpito). Para meu pai aquilo era o fim, pois sempre um arenista convicto. Será que voltará este tormento que trouxe prejuízos à Igreja?

A religião precisa ser usada para agregar, como bem fez São Francisco de Assis que se tornou um instrumento da Paz e do Bem. Aos meus amigos padres (que são muitos) e são verdadeiros batalhadores da religião Católica Apostólica Romana, deixo meu reconhecimento pela altivez de saber acolher quem é de esquerda ou de direita. Estes com harmonia sabem que o verdadeiro sentido da religião, vai além dos princípios políticos ou ideológicos. Quando a religião não faz seu papel de unir, ela perdeu completamente seu sentido!

 


Publicado por: Douglas Varela Data: 17/10/2019 15:15



Principais Notícias

Publicado em 20/01/2021 07:13 por Jardel Martinazzo

Campos Novos chega ao 20º óbito por Covid-19

No final da tarde desta terça-feira, dia 19, no dia em que Campos Novos iniciou a vacinação de sua população, a [...]

Publicado em 20/01/2021 00:00 por Jardel Martinazzo

Capinzal possui 57 casos ativos do novo coronavírus

A Secretaria da Saúde de Capinzal confirmou mais 11 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, passando de 2.509 para [...]

Publicado em 19/01/2021 23:51 por Jardel Martinazzo

Ouro registrou cinco casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas

A Secretaria da Saúde de Ouro confirmou mais 5 casos positivos para o novo coronavírus, passando de 687 para 692. Já [...]

Outras notícias

Publicado em 20/01/2021 06:54

BRF realiza webinar sobre vacina contra Covid

Como parte de suas ações contra a Covid-19, a BRF, uma das maiores companhias [...]

Publicado em 20/01/2021 06:53

Consórcio Machadinho é parceiro da comunidade lindeira

O Consórcio Machadinho acredita nas parcerias com as comunidades, no [...]

Publicado em 20/01/2021 06:26

Identificado corpo de motorista que caiu dentro do Rio Irani com caminhão

O Corpo de Bombeiros Militares identificou o homem que morreu após sofrer [...]

Publicado em 19/01/2021 06:33

Capinzal e Ouro atualizam dados sobre a Covid-19

A Secretaria da Saúde de Capinzal informou que há 2.509 casos confirmados do [...]

Publicado em 18/01/2021 06:49

Rodovia SC-390, na Serra do Rio do Rastro, está interditada temporariamente

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que a [...]

Publicado em 16/01/2021 09:22

Juízes eleitorais em SC começam a decidir as prestações de contas dos eleitos

    Os processos de prestações de contas para os cargos de [...]